A cidade e as pessoas































































17 comentários:

  1. Saudades infinitas de STP... terra de todos os sonhos :-)

    ResponderEliminar
  2. Brigida:
    Muito obrigado pela sua colaboração.
    Acho que o sentimento que me ficou é idêntico ao seu.
    Se Deus me der vida e saúde, voltarei.
    Mais uma vez, muito obrigado

    ResponderEliminar
  3. Eu nunca fui a S. Tomé e Príncipe, mas depois de "folhear" este paradisíaco álbum de imagens... fiquei tentado... "Caí" aqui, vindo directamente do blogue de Jorge Trabulo Marques ( que ando a perscrutar há séculos!) e em boa hora o fiz, já que este espaço é muito agradável e de muito bom gosto. O fundo escuro realça a qualidade das fotos e de uma forma geral, todo o "grafismo" é muito amigável do leitor (parece que é assim que se dizem as coisas agora...). Depois de canoa acima-canoa abaixo, gaivotas, tubarões, diabólicas ventanias e tempestades sem-fim para aqui e acolá e da penosa vivência do mar no dia-dia, interpretada na primeiríssima pessoa por JTM, chegamos a "bom porto" na esperança do merecido repouso (ufa!...), sem fugirmos, contudo, ao mar e à região equatorial de S. Tomé e Príncipe... Parabéns e obrigado pelo relato e imagens!...

    ResponderEliminar
  4. alguém me sabe dizer de que árvore são feitas as canoas, vulgares pirogas...
    e quantas horas de barco para a ilha do Príncipe...qual a distância em quilómetros para S. Tomé

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só agora vi o seu comentário/pergunta e o que lhe posso dizer é que conheço a pessoa que já fez essa travessia e, com a ajuda dos locais, também construiu a canoa onde durante três dias navegou até atingir a ilha de Príncipe. Chama-se Jorge Trabulo Marques e pode contactá-lo em jorgetrabulomarques@gmail.com ou visitar um dos seus sítios em SÃO TOMÉ - ODISSEIAS NOS MARES DOS TORNADOS E TUBARÕES.

      Eliminar
  5. Jorge Costa Reis,

    Sou brasileira e completamente apaixonada por São Tomé e Príncipe, mas nunca estive nessas ilhas. Se existe reencarnação, eu certamente já vivi lá, pois tenho uma saudade daquelas terras de quem já morou e foi muito feliz. Eu encontrei o seu blog e fiquei encantada com as fotos da viagem, li tudo o que você escreveu sobre São Tomé e Príncipe e fiquei bastante feliz com as suas palavras. Eu gostaria de agradecê-lo por compartilhar conosco as suas experiências, pois posso "passear" através das suas fotos por lá também!!! Parabéns pela iniciativa e pode ter certeza de que irei ler e acompanhar sempre o seu blog, que é tão bem feito e com fotos maravilhosas!!! Abraços, Valesca

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se me permite uma sugestão de viagem até S.Tomé e Príncipe e a um preço bastante acessível, aqui vai: http://www.odisseiasnosmares.com/2014/03/viagem-barata-sao-tome-regresso-as.html

      Eliminar
  6. obrigada João Neves...por acaso conheço o senhor Jorge Trabulo Marques e as suas odisseias mas acho que ele não me poderá dizer algo sobre...em tempos eu li sobre esses troncos mas não me recordo...obrigada

    ResponderEliminar
  7. Obrigado pelas amáveis palavras que aqui me foram dirigidas. Mas também os meus sinceros parabéns pelas belíssimas imagens que aqui foram editadas - Já não vou a S. Tomé há muitos anos. ;Deixei lá o meu espólio fotográfico - milhares de negativos a um senhor comerciante que até hoje não teve ainda a gentileza de mo entregar. Quero lá voltar, não com o esperança de o poder recuperar, porque, quem ficou com ele, parece que já não está lá, mas para matar saudades e fazer outros registos fotográficos. Pois as ilhas de São Tomé e Príncipe, pelo que depreendo, continuam a ser as mais belas do mundo. - Jorge Trabulo Marques

    ResponderEliminar
  8. Parabéns pelo maravilhoso registo fotográfico!

    ResponderEliminar
  9. A árvore que dá origem às canoas de São Tomé chama-se OCÁ.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado pela visita e por complementar os meus conhecimentos.

      Eliminar
  10. Começo por agradecer as maravilhas que aqui partilha connosco. São imagens que toca o coração de qualquer pessoa que seja amante da natureza.
    As imagens fotografadas e publicadas aqui fornecem imensas informações, outras que conduzem a reflexão, ou pelo menos deviam,... " o que eu posso fazer para melhorar as condições de vida daquelas crianças".
    Viajar, para São Tomé e Príncipe especialmente, é descobrir e abrir o nosso leque de conhecimentos no que tange a oportunidades de investimentos necessários e melhorar as condições de vida das Famílias, além de outras, começando por crianças.
    Também sei das dificuldades governativas que o país enfrenta, o que muitas vezes nos colocam perante desafios inormes, mas não baixemos os braços, (Apelo)
    Por isso, para que essas imagens não fiquem simplesmente no arquivo de " A cidade e as Pessoas", façamos dessa cidade , a cidade mais ecológica do mundo, e dessas pessoas, as mais felizes do mundo, por que não ?
    Fazemos a nossa parte.
    O seu Blog é fantástico , continue a viajar para São Tomé e Príncipe. :)







    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado pela visita e comentário. São Tomé ficou-me no coração e lamento que seja uma País para onde as viagens desde Portugal sejam tão caras e não haja muita publicidade. Por mim voltarei, se Deus me der vida e saúde.

      Eliminar
    2. Os preços hão de ficar mais competitivos para podermos ir mais vezes, e saúde Deus dará com certeza.
      Obrigada.

      Eliminar